Estabeleça metas saudáveis neste ano novo

metas-saudaveisChegamos a 2016. Mas e a sua saúde? Será a mesma do ano passado? Para garantir um novo ano cheio de bem-estar e curtir a vida com toda a plenitude que você merece, crie resoluções de ano novo que lhe ajudem a criar novos hábitos, prolongando os benefícios de uma boa alimentação associada à prática regular de atividade física.

Veja algumas metas saudáveis que você pode estabelecer para este ano novo:

1 – Desfrute de alimentos ricos em ômega-3, pelo menos duas vezes por semana. Esse ácido graxo otimiza a função cerebral, além de prevenir contra doenças cardiovasculares. As sementes de chia e linhaça, bem como os peixes de águas frias e profundas como atum, sardinha e salmão são excelentes fontes dessa gordura.

2 – Experimente novos sabores! Atente-se a variedade! Não vale comer sempre os mesmos alimentos. Lembre-se de que cada um deles possui um tipo de nutriente diferente do outro. Portanto, quanto mais colorido for o prato, maior a diversidade de nutrientes ele irá conter!

3 – Substitua os carboidratos refinados (pobres em nutrientes) pelas versões integrais (arroz, pães, biscoitos, massas integrais, etc.), ricas em fibras e antioxidantes que ajudam a prevenir contra doenças degenerativas.

4 – Abuse das especiarias. O sal é um dos maiores vilões da alimentação, uma vez que seu consumo excessivo está relacionado ao desenvolvimento de doenças crônicas, como a hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, desenvolvimento de osteoporose, câncer gástrico, mortalidade por acidente vascular cerebral (AVC) e sobrecarga renal.

Os condimentos e temperos naturais são excelentes opções para substituição do sal. Realçam o sabor, aroma e aparência dos alimentos, melhoram a digestão e são fontes de vitaminas, minerais e nutrientes antioxidantes.

5 – Programe-se para realizar pequenos lanches saudáveis entre as grandes refeições. Essa prática obriga-nos a comer menos em cada uma delas, já que não haverá longos períodos de jejum.

Oleaginosas, frutas, iogurte com cereais (aveia, quinoa, amaranto) e cookies integrais são ótimas alternativas!

6 – Escolha um alimento saudável por vez. Mudar radicalmente os hábitos alimentares é difícil, pode desanimar uma pessoa e até fazê-la desistir de adquirir uma vida mais sadia. Pode ser feita uma troca por semana: substitua o refrigerante pelo suco, depois o açúcar refinado pelo mascavo, as frituras pelos assados, cozidos e grelhados e assim por diante.

7 – Caminhe meia hora por dia – ao invés de tentar passar horas a fio na academia por um ou dois meses e desistir no mês seguinte, basta colocar um pé na frente do outro, todos os dias! Ao contrário de outras formas de exercício, a caminhada é apropriada para quase todas as pessoas, especialmente os sedentários, que devem aumentar a intensidade do exercício gradualmente. Além de ser econômica, já que não precisa necessariamente estar matriculado em uma academia.

A prática regular de exercício físico ajuda a prevenir contra o sobrepeso e a obesidade, melhora a oxigenação, a circulação sanguínea, aumenta a disposição e a resistência do organismo.

8 – Praticar meditação. Essa prática reduz a ansiedade, torna a respiração equilibrada e profunda e melhora a oxigenação e a frequência cardíaca. Em situações de estresse aumentamos o nível de um hormônio chamado cortisol, que provoca o aumento dos estoques de gordura na região abdominal e colabora com a compulsão alimentar. Sem contar que muitas pessoas buscam alívio através da comida, aumentando a ingestão de alimentos, que na maioria das vezes são pouco saudáveis.

9 – A ambiciosa meta de mais horas de sono pode evaporar diante de uma agenda lotada. Para que isso não aconteça, programe-se para dormir 30 minutos mais cedo do que o horário habitual.

Tomar um banho morno antes de se deitar pode ser interessante, já que a água quente ajuda a relaxar os músculos. Outra dica é preparar uma infusão calmante com ervas como camomila, capim limão, melissa e maracujá. Além disso, pingar algumas gotas de óleo essencial de lavanda, também deve ajudar a induzir um sono tranquilo.

10 – Peça ajuda antes que a motivação desapareça! As boas intenções das promessas de emagrecimento nem sempre chegam para nos ajudar a alcançar o patamar desejado. Se a motivação desaparece e interrompe o novo caminho, você vai achar que “não valeu a pena o esforço”. Peça ajuda a quem sabe. O nutricionista é o profissional adequado para avaliar as necessidades específicas de cada indivíduo e elaborar um plano alimentar seguro e eficiente, para que as metas sejam alcançadas.