Como saber se estou com asma?

Como saber se estou com asma?

Muitos internautas recorrem ao Google para saber se estão com asma. Antes de falar um pouco sobre essa doeça, caracterizada pela inflamação das vias respiratórios, é ideal deixar claro o seguinte: o Google pode suprir você de informações sobre determinado assunto, mas nunca substituirá um médico.

Sintomas da asma

Vamos agora à pergunta “como saber se estou com asma”. Para saber se você tem a doença, é necessário ficar atento aos sintomas.  De acordo com o Dr. Fábio Marcelo Costa,  pneumologista da Clinipam, alguns deles são: “Falta de ar, conhecida também como dispinéia, tosse seca, dor torácica e chio no peito”.

A dor crônica

A dor crônica

A dor crônica, segundo o médico Drauzio Varella, atinge cerca de 1/3 da população mundial. Hoje, aqui no blog da Clinipam, vamos falar sobre o que é essa doença, como identificá-la, quais são os sintomas mais comuns e como é o tratamento, tanto o psicológico como aqueles que utilizam remédios.

O que são dores crônicas?

Antes de definir a dor crônica, deve-se diferenciá-la da dor aguda. Enquanto esta última é basicamente um alerta de que o corpo não está normal, a primeira é aquela persistente. “A dor crônica dura mais do que três meses”, segundo o reumatologista da Clinipam, Paulo Carrilho.

Clinipcam inaugura Unidade Pinheirinho

Clinipcam inaugura Unidade Pinheirinho

A partir desta segunda-feira, dia 18 de fevereiro, os beneficiários da Clinipam, Clínica Paranaense de Assistência Médica, terão mais uma unidade de atendimento de saúde.

Localizada no bairro Pinheirinho (a 50 metros do terminal de ônibus), a nova unidade é a maior da Rede Clinipam. São 527 m² de área construída e 13 consultórios.

O atedimento será de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h30, e aos sábados, das 8h às 11h30. A unidade conta com clínico geral, que atenderá por ordem de chegada, e consultas eletivas em diversas especialidades.

Serviço:
Unidade Pinheirinho
Endereço: Av. Wiston Churchill, 1.654
Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 8h às 19h30 e sábado, das 8h às 11h30

Quanto de sal por dia?

Quanto de sal por dia?

Quanto de sal por dia você ingere? Sabia que uma pessoa que consome muito sal tem mais chances de desenvolver pressão alta, doenças cardíacas e derrames?

Por conta desses perigos, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou no final de janeiro novas orientações referentes ao consumo de sal por dia. Os adultos devem ingerir apenas 2 gramas de sódio por dia (5 gramas de sal), o que equivale a uma colher de chá (aquela que usamos para comer iogurtes) rasa. Essa regra é válida também para crianças acima de 2 anos.

Grupo Mãe Segura

Grupo Mãe Segura

A gravidez é um momento especial na vida de uma mulher, mas também é muito “tumultuado”. São tantas mudanças físicas, pscicológicas e até sociais, que os cuidados devem redobrados, principalmente em relação à saúde.

Com o objetivo de auxiliar as futuras mamães conveniadas ao Plano de Saúde Clinipam, o Centro de Qualidade de Vida (CQV) criou o Grupo Mãe Segura. Nele, profissionais da saúde compartilham informações sobre os cuidados na gravidez, nascimento, amamentação, pós-parto e outras orientações.

O que é a endometriose?

O que é a endometriose?

Você já ouviu falar da endometriose? A doença, caracterizada pelo acúmulo de  sangue menstrual fora do útero,  atinge de 5% a 15% das mulheres no período reprodutivo e de 3% a 5% após a menopausa, segundo dados do  Setor de Endometriose do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

 Como ocorre a endometriose?

No útero da mulher existe uma membrana chamada endométrio.  Quando a mulher está na fase fértil, essa membrana fica mais espessa, aguardando a vinda do bebê. Se a mulher não engravida, ocorre a menstrução, como de costume.  A endometriose acontece quando o sangue não é totalmente eliminado, invadindo outros órgãos próximos ao útero, tais como intestino e bexiga. Nesse sangue, segundo o Dr. Roberto Cattini Maluf Filho, da Rede Clinipam, há “presença de tecido semelhante à mucosa uterina”.

A importância do pré-natal

pre-natal

Afinal, o que é o pré-natal? Hoje, aqui no blog da Clinipam, vamos falar sobre esse importante processo pelo qual toda futura mamãe deve passar.

O pré-natal é o acompanhamento médico que ocorre durante a gravidez. Com base nele, é possível detectar possíveis doenças tanto no bebê como na mamãe. Algumas delas, por exemplo, são a diabetes gestacional e a pré-eclampsia.

Como tratar a fobia?

Você sabia que existem mais de 500 fobias? Diferente do medo, que é uma reação natural do ser humano, a fobia é uma doença – um medo patológico – e precisa ser tratada. Duas em cada 10 pessoas podem desenvolver alguma fobia ao longo da vida. Será que você tem uma delas? Hoje, aqui no blog da Clinipam, vamos explicar como tratar a fobia e mostrar algumas das mais diferentes.

A fobia pode ser desencadeada, segundo o psiquiatra da Rede Clinipam, Luiz Setti, por fatores genéticos. “As doenças psiquiátricas têm uma parcela genética bastante importante. Existem famílias que são fóbicas, que têm como característica o transtorno da fobia ou da ansiedade. Nunca uma única pessoa tem sozinha algum transtorno. Sempre outra da própria família também o tem”, disse.

Pesquisa: fast food faz mal à saúde e aumenta risco de asma

Pesquisa: fast food faz mal à saúde e aumenta risco de asma

Já não é novidade que o fast food faz mal à saude. Nos últimos anos, diversas pesquisas foram feitas para comprovar essa tese. Em 2008, por exemplo, o Centro de Pesquisa do Mal de Alzheimer, do Instituto Karolinska, em Estocolmo, mostrou que o consumo de comidas rápidas pode aumentar o risco de Alzheimer.  Outro levantamento, dessa vez feito pela Universidade de Londres, avaliou crianças de 3 a 5 anos e constatou que o fast food reduz a inteligência na vida adulta.

O último estudo sobre os perigos do fast food, feito pelas universidades de Auckland, da Nova Zelândia, e de Nottingham, no Reino Unido, e publicado pela revista Thorax mostrou que consumir comidas rápidas 3 ou 4 vezes por semana pode causar doenças como asma, eczema e rinite na adolescência.  Para chegar a esse resultado, os cientistas analisaram 500 mil crianças de 50 países diferentes.

O que são as varizes?

o_que_sao_varizes

As varizes são veias visíveis, dilatadas e tortuosas, que aparecem geralmente nas pernas. Elas fazem parte do primeiro grupo de doenças do sistema circulatório, conhecido como venoso. De acordo com a médica especialista em varizes, Dra. Claudia Stein Gomes, as veias varicosas – como também são chamadas – são hereditárias, mas outros fatores constribuem para o seu desenvolvimento, entre eles “ficar muito tempo em pé ou sentado e a gestação, período em que há compressão de vasos”, disse à TV Clinipam.

Qual a diferença entre varizes e varicoses?

As varizes, segundo a Dra. Claudia, estão em um plano abaixo da pelo. Por isso, são consideradas veias de “maior calibre”. Já as varicoses são aquelas manchinhas da pele, que muitas vezes parecem aranhas.