A importância de brincar

Hoje, no Dia Nacional da Recreação (12 de setembro), vamos falar sobre a importância de se brincar. Talvez para os adultos o momento da brincadeira não tenha tanta importância, mas isso é um ledo engano.

Toda criança deve brincar. Se você viveu nas décadas de 80 ou 90, sabe como era gostoso brincar de “esconde-esconde”, “pega-pega”, balança cachão, banho de chuva, amarelinha e outras tantas atividades.

E brincar não é importante apenas pelo fator de ser divertido. É, também, algo educativo. É por meio da brincadeira que a criança conhece o mundo a sua volta.
Quando mexe com blocos, por exemplo, trabalha a questão motora. Quando está perto de outras crianças, aprende sobre comportamento e também sobre compartilhar, cooperar, seguir regras.

Nos dias de hoje, por causa da excessiva tecnologia e da falta de tempo dos pais, a brincadeira perdeu um pouco o “tom”. Brincar é sinônimo de ficar na frente no computador ou jogar no tablet.

Por isso hoje, no Dia Nacional da Recreação, coloque seu filho para brincar de verdade. Deixe que corra, pule na lama e viva esse momento tão gostoso da vida.