Abuso do computador e doenças oculares: síndrome da visão de computador

computador-problemas-oculares-na-visao-plano-de-saude-em-curitiba

Com cada vez mais pessoas utilizando o computador por mais e mais tempo, as doenças oculares têm se manifestado frequentemente. Com o mundo moderno surge, por exemplo, a síndrome da visão de computador, que de acordo com a American Optometric Association, é definida como o conjunto de problemas relacionados aos olhos e à visão de quem passa horas em frente ao computador diariamente. Acompanhe as dicas da Clinipam para a prevenção de doenças oculares.

Fadiga ocular, visão embaçada e olho seco são alguns dos sintomas mais sentidos por causa do uso prolongado do computador. E são esses mesmos sinais que contribuem para a CVS, a “síndrome da visão de computador” (Computer Vision Syndrome). Características da tela do monitor, como distância, resolução, contraste e brilho, devem ser observadas para evitar doenças oculares, ou seja, quanto maior e melhor a resolução da tela, menos esforço para os olhos.

Incômodos ou dor são indícios de que algo não está bem, portanto, a primeira dica é visitar um oftalmologista regularmente para que ele possa checar sua saúde ocular. Confira algumas dicas para evitar a síndrome da visão de computador, que é mais comum do que se pensa:

– Sempre que possível, dê um descanso aos olhos. A cada duas horas, faça um intervalo de 15 minutos;

– Para evitar a fadiga visual, tire os olhos do monitor sempre que possível e focalize o mais longe possível durante 5 segundos;

– Em locais muito secos ou com ar-condicionado pode-se lançar mão dos umidificadores por algumas horas. Colírios também podem ser úteis, nesse caso, consulte um oftalmologista para uma indicação personalizada. Uma boa maneira de lubrificar os olhos é piscar várias vezes sem parar, por algum tempo;

– Diminua o brilho e os reflexos na tela do monitor, isso gera maior conforto para os olhos. Se não há possibilidade de ajustes manuais, vale comprar uma proteção antiofuscante (protetor de tela);

– Ajuste a posição do monitor, além da fadiga ocular, isso evita problemas de coluna. A distância recomendada é de aproximadamente 70 centímetros da face do usuário, e o nível um pouco abaixo dos olhos;

O uso prolongado do computador também pode provocar dores na coluna e tendinite. Por isso, fique atento à posição dos braços – eles devem estar alinhados ao corpo e os cotovelos devem formar um ângulo de 90°. Os punhos devem ser apoiados levemente no teclado. Atente também para a cadeira utilizada: o recomendável é que a altura da cadeira permita que os pés fiquem apoiados no chão com os joelhos flexionados, o quadril bem apoiado no acento e a coluna na lombada da cadeira.