Açúcar deve representar 5% da energia consumida, diz OMS

clinipam-plano-de-saude-acucar
De acordo com a nova recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), 5% deve ser a porcentagem de açúcar que uma pessoa adulta deve consumir diariamente ao somar todos os alimentos que ingeriu. Ao seguir a determinação, o indivíduo evita males como estar acima do peso, obesidade e perda de dentes.

Segundo o órgão, a pesquisa foi desenvolvida após a observação da relação entre o açúcar, o ganho excessivo de peso e os problemas dentários. Preocupações alarmantes para a sociedade atual, que cada vez mais tem aderido a alimentos industrializados e recheados com gorduras e açúcares.

E para tentar amenizar o problema, a Organização atenta para o chamado “free sugar”, que é a adição artificial de monossacarídeos e dissacarídeos aos alimentos. O açúcar utilizado nesse método, no entanto, não deve representar mais do que 10% do consumo total de alimentos que foram ingeridos no dia.

Açúcares provenientes do mel, xaropes e concentrados de fruta também podem ser usados como substitutos ao açúcar tradicional refinado. O ideal é que sejam ingeridas 25 gramas (6 colheres de chá) do alimento por dia, diz a OMS.

Portanto, messe a quantidade de açúcar que você consome e evite problemas futuros. Vale a pena o esforço!