Alimentos bons e ruins para o coração

alimentos-coracaoResponsável por bombear o sangue oxigenado (arterial) e permitir que ele circule por todo o corpo, o coração é um dos órgãos mais importantes do ser humano. Por isso, precisamos cuidar dele da melhor forma possível por meio de exercícios físicos regulares e, principalmente, por meio de uma alimentação saudável. Mas, afinal de contas, quais alimentos fazem bem ao coração e quais fazem mal? Nós contamos para você.

O que evitar?

Para o bem-estar do seu coração, evite alimentos repletos de gorduras trans e saturadas, pois, ao consumi-los, você aumenta (e muito) as chances de desenvolver aterosclerose, que nada mais é do que o excesso de placas de gordura nas artérias do coração e do cérebro. Além disso, fast food, carnes gordas e alguns produtos industrializados (salgadinhos, bolos e biscoitos) também são um grande risco, uma vez que são ricos em sal e gordura trans que, quando consumidos em excesso, podem causar infartos e derrames. No entanto, isso não significa que você nunca mais poderá comer nada disso. Apenas lembre-se de se controlar e abusar da moderação.

O que preferir?

Para ir direto ao ponto, comecemos pelos peixes. Por possuírem pouca gordura saturada e serem privilegiados com gorduras boas, como o ômega 3, os peixes são ótimos aliados para a saúde cardíaca. Assim como os tomates, que apresentam lipoceno em sua composição, um antioxidante que promove uma “faxina” nas artérias e bloqueiam a ação dos radicais livres. Aveia, alho, azeite e até o chocolate também ajudam. Este último em decorrência da ação dos flavonoides e do ácido gálico, que ajudam a proteger os vasos sanguíneos.

Lembre-se: são apenas dicas. Nada é proibido. Porém, é necessário atentar-se à moderação, caso priorizar a saúde do seu coração seja seu objetivo (e deveria ser).