Dicas: Alimentação no Trabalho

Para algumas pessoas, a rotina não permite que refeições importantes como o almoço sejam feitas dentro de casa. Isso faz com que a gama de opções seja muito grande na hora de escolher o que comer. Fast Food é um exemplo bastante comum nas escolhas das pessoas, visto que o tempo geralmente é corrido e não podem esperar muito.

Se você se identifica com a situação, este post é pra você! Confira algumas dicas que separamos para que tenha uma alimentação mais saudável nos dias de trabalho:

– Levar para o serviço sanduíches naturais preparados em casa. Além de poupar tempo e economizar, você tem a opção de usar a criatividade e preparar um sanduíche com variados tipos de legumes, verduras, patês ou carnes.

Exercícios físicos durante a gravidez

A gravidez é um período lindo, mas repleto de dúvidas. Muitas mamães (e não só as de primeira viagem) têm muitas dúvidas acerca do que podem ou não fazer. E a prática de exercícios físicos durante a gravidez está entre elas.

A resposta é sim. Aliás, exercícios físicos não só podem ser realizados durante a gestação como são essenciais para o bem-estar gestacional. Dentre os benefícios resultantes da prática, podemos citar o controle de peso da mãe, a redução de riscos obstétricos, a manutenção do condicionamento físico e a diminuição de males como o estresse e a depressão.

Depressão: Mitos e Verdades

Definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a principal causa de incapacidade em todo o mundo, a depressão atinge cerca de 350 milhões de pessoas de todas as idades no planeta. Contudo, a situação ainda é pouco conhecida entre as pessoas e é tida como um tabu.

Confira alguns mitos e verdades que ajudam a esclarecer melhor esta doença:

MITO: Todos os sintomas da depressão são mentais

Evitando Olheiras

As olheiras se formam quando os vasos sanguíneos aparecem através da pele abaixo dos olhos, por ser uma das áreas mais finas do corpo.

Na maioria das pessoas esse é o resultado de noites mal dormidas, o que faz com que o organismo mande mais sangue para manter a região ativa.

Mas se você tem sofrido com o problema, não se desespere. Existem meios de controlá-lo, como explica o dermatologista Paulo Freire em entrevista ao Terra. De acordo com ele, uma noite bem dormida pode auxiliar e muito na redução das olheiras. “Compressas de água fria local podem ajudar a amenizar o problema. Compressas geladas de chá de camomila também ajudam a melhorar o aspecto das marcas”, completa.

Neste caso, o ideal é usar as compressas ao redor dos olhos entre 5 a 7 minutos pela manhã ou até mesmo cremes específicos para o problema durante duas vezes ao dia. Também é recomendável o uso de pepinos gelados em fatias para amenizar inchaço ou escurecimento.

Vale lembra de que em alguns casos as olheiras são resultados genéticos e estão relacionados ao acúmulo de melanina na região dos olhos. Se esse for seu caso e você se sente incomodado, o ideal é procurar um dermatologista para indicar o tratamento mais adequado que ajude a diminuir a pigmentação da região.

Cinco fatos curiosos sobre a gestação

gravidaO período de gravidez é um momento de dedicação, superação e, por vezes, desconfortos, mas também é cheio de alegrias e curiosidades. Separamos alguns fatos que talvez você não soubesse que existiam. Vamos lá?

Papai grávido

Você sabia que é comum os futuros papais sentirem os mesmos sintomas que as futuras mamães? Sim, muitos deles têm enjoo, desejos de comer muito, dores nas costas e até cansaço.

Alimentos de origem vegetal ajudam a turbinar a saúde da flora intestinal

bacterias-intestinoVocê já deve ter ouvido falar que nosso organismo é composto, em média, por cerca de 70% de água, não é mesmo? Mas o que pouca gente sabe é que 90% (!) do nosso corpo é composto por células de micróbios. Ou seja, nós somos apenas 10% humanos!

Calma, não entre em pânico. Isso é, na realidade, muito bom. Acontece que parte desse tanto de micróbios forma a nossa flora intestinal, e é possível cultivá-los com determinados alimentos.

O que leva a um parto prematuro

clinipam-plano-de-saude-parto-prematuro Uma das maiores preocupações das futuras mamães durante a gestação atende pelo nome de parto prematuro. E isso se deve principalmente às consquências que ele pode acarretar na saúde do bebê. Porém, atualmente, é mais simples realizar esse tipo de parto, uma vez que o acompanhamento médico é maior e, na maioria dos casos, quase não há sinal de sequelas ou grandes problemas. É necessário, entretanto, ficar atento aos sinais do parto prematuro e entendê-lo para não temer.

Pais não sabem avaliar peso dos filhos

http://mdemulher.abril.com.br/

http://mdemulher.abril.com.br/

Você é daquela época em que os pais diziam que criança saudável era criança gordinha? Hoje sabemos que eles estavam errados, pois a obesidade infantil pode gerar problemas para o futuro dos pequenos. Mas você sabia que os pais ainda não conseguem avaliar bem o peso dos filhos?

Quem disse isso foram pesquisadores da Universidade de Melbourne, na Austrália. Eles avaliaram o Índice de Massa Corporal (IMC) e a circunferência de 2,1 mil crianças.  Segundo o resultado da pesquisa, 43% dos pais com filhos fora do peso ideal os avaliaram como saudáveis.

Alergias aumentam com a chegada do inverno

06alergiaeinvern

Fungadas, nariz trancado, coriza. Três palavras que acompanham todo alérgico e que, com a chegada dos dias frios, transformam as alergias em um verdadeiro consumo desenfreado de lenços de papel.

Funcionando como resposta do sistema imunológico a micro-organismos e partículas chamados aeroalérgenos (como ácaros, mofo e pólen), as alergias mais comuns são a bronquite – inflamação das principais passagens de ar para os pulmões -, a asma – doença inflamatória crônica das vias aéreas – e a rinite – reação imunológica do corpo a partículas inaladas que são consideradas estranhas.

Cortar o cordão umbilical mais tarde traz benefícios

Cortar o cordão umbilical mais tarde traz benefícios

Um estudo publicado no Banco de Dados Cochrane de Revisões Sistemáticas, entidade internacional que divulga informações sobre intervenções na área de saúde, mostra que cortar o cordão umbilical pelo menos um minuto após o parto pode trazer benefícios ao bebê.

Segundo a pesquisa, a demora no corte do cordão umbilical – que deve ser de 1 a 3 minutos – aumenta o estoque de ferro na criança e o nível de hemoglobina, proteína globular que tem como função absorver e transportar o sangue.