Caminhar reduz invalidez física de idosos

clinipam-plano-de-saude-idosos-caminhar-reduz-invalidez
Publicado na revista “Jama”, uma pesquisa feita pelo Instituto de Envelhecimento da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, aponta que a prática de exercícios regulares, como a caminhada, por exemplo, é capaz de reduzir notoriamente os ricos de invalidez física em pessoas idosas.

Foi a primeira vez que um estudo sobre o assunto conseguiu apresentar resultados mais profundos, provando que a relação entre idosos e exercícios físicos é, de fato, benéfica e significativa.

A pesquisa, nomeada de “Intervenções no Estilo de Vida e Independência para Idosos”, teve início em 2010 e recrutou idosos frágeis e sedentários, diferentemente das pesquisas anteriores, que escolheram pessoas com a saúde em dia e mais pré-dispostas à mudança. Foram avaliados 1.635 voluntários com idades entre 70 e 89 anos, que realizaram atividades físicas e educativas.

Os idosos precisavam comparecer ao centro de pesquisas duas vezes por semana para caminhar e fazer uma leve sequência de musculação, totalizando 150 minutos de exercícios por semana. A cada seis meses, então, os voluntários eram avaliados. O procedimento se repetiu por dois anos e seis meses.

E o resultado foi uma probabilidade de 28% a menos de apresentar qualquer tipo de invalidez física com o passar do tempo.

E você sabe o que isso significa, não é? É hora de avisar os amigos, vovôs e avós e embarcar nessa também! Afinal, caminhar é tudo de bom!