Câncer de próstata: causas, sintomas e tratamentos

Prostata

Novembro é o mês de prevenção ao câncer de próstata, doença que deve afetar quase 70 mil homens neste ano no Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Neste mês, o blog da Clinipam vai abordar o assunto diversas vezes, pois acredita que a informação tem um papel importante na luta contra a doença.

O que é a próstata?

A próstata está localizada na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e à frente do reto. É uma glândula pequena, no formato de uma maça, que envolve a porção inicial da uretra — tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.

Quais são as causas do câncer de próstata?

A primeira são os fatores genéticos. A presença de câncer de próstata em parentes de primeiro grau aumenta a probabilidade de diagnóstico em 18%. Depois vêm questões hormonais, alimentação inadequada – rica em gordura pobre –, sedentarismo e fatores ambientais.

Quais são os sintomas do câncer de próstata?

No estágio inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Já no estágio avançado, é possível identificar alguns sintomas, como fraqueza nas pernas e pés, perda de controle da bexiga e do intestino, frequente vontade de urinar, impotência, micção frequente e dor durante a micção.

Como se prevenir do câncer de próstata?

De acordo com o INCA, a prevenção do câncer de próstata começa com uma dieta rica em cereais integrais, legumes, grãos e verduras. Um dos maiores combatentes da doença é o tomate, rico em licopeno. O consumo em excesso gordura trans, portanto, está descartada.  A atividade física também é recomendada (30 minutos diários já são suficientes).

Recomenda-se, também, exames anuais. O câncer de próstata é diagnosticado pelo toque retal, pela dosagem no sangue do PSA (Antígeno Prostático Específico) e pelo exame de imagem da próstata (ultrassonografia, ressonância magnética).  Deve ser feito anualmente em indivíduos acima de 45 anos e, no caso dos que possuem histórico familiar da doença, é recomendado que se faça antes dos 40.

Se diagnosticado precocemente e tratado de forma adequada, a cura é superior a 90%.

Qual o tratamento do câncer de próstata?

Depende de cada caso, mas geralmente envolve vacinas, cirurgias, radioterapias, criocirurgia, hormonioterapia e quimioterapia. Para definir o tratamento do câncer de próstata, leva-se em conta idade do paciente, saúde em geral, probabilidade de cura e a opinião do paciente.

Veja mais: Entenda o que é o câncer de próstata