Celular no bolso pode afetar qualidade do esperma, revela estudo

clinipam-plano-de-saude-celular-esperma
A infertilidade masculina é mais um dos problemas com os quais os homens tiveram que aprender a lidar com o passar do tempo. Especialmente, claro, aqueles que querem ser papais no futuro. Ou agora. E além dos diferentes fatores que podem causar o problema, estudiosos da Universidade de Exeter, no Reino Unido, descobriram mais um: a tecnologia.

Para ser mais específico, o celular. De acordo com os pesquisadores, carregar o aparelho no bolso da calça pode contribuir para a infertilidade masculina. Os resultados foram obtidos após a revisão e a análise de outros dez estudos acerca do tema. Estudos estes que contavam com 1.492 amostras de esperma provenientes de clínicas e centros de pesquisa do Reino Unido.

Após analisarem a quantidade de espermatozóides, a mobilidade e a viabilidade das amostras, os pesquisadores chegaram à conclusão de que o esperma exposto à radiação do celular apresentava 8% a menos de mobilidade e 9% a menos de viabilidade. Ou seja, possui menos eficácia do que aqueles que não foram expostos às ações do dispositivo eletrônico.

Além disso, também foi apontado que celulares no bolso podem deixar a região da virilha mais aquecida, elevando a temperatura dos testículos e causando a diminuição na produção de esperma.

Portanto, apesar de ainda não se ter muitos estudos sobre o tema, fica o alerta!