Como lidar com a ansiedade

ansiedadeInquietação? Agitação? Aflição? Angústia? Se você está sofrendo com alguns destes sintomas, ou algo parecido, você pode estar sendo alvo da temida ansiedade. E o problema, que é caracterizado pelos sintomas citados anteriormente, mais o nervosismo, nada mais é do que uma característica biológica que se manifesta perante uma situação de perigo ou estresse. Ou seja, pode surgir em qualquer pessoa, independentemente da idade.

O curioso da ansiedade, todavia, é que ela pode ser tanto um lado bom quanto um ruim. Tudo vai depender das circunstâncias e da intensidade com que ela surge. Quando ela aparece de forma moderada, por exemplo, acaba estimulando o indivíduo a agir devido à ação que provoca no corpo. Porém, quando se apresenta em excesso, tem o efeito contrário, causando medo e insegurança.

É uma condição marcada por sensações bem desagradáveis no corpo, como dores no estômago, aceleração do batimento cardíaco, dificuldade para respirar, transpiração, entre outras. Pode ser causada, também, por traumas, experiências intensas de vida e outras doenças que afetam o funcionamento do corpo. Além de variar entre casos comuns do dia a dia e transtornos (episódios mais sérios e intensos).

Leia mais sobre saúde e bem-estar

Há três formas de lidar com a ansiedade. A primeira é por meio de medicamentos controlados, a segunda pela Psicoterapia (acompanhamento psicológico ou psiquiátrico) e a terceira por uma combinação das duas formas anteriores (casos gravíssimos). Todas elas possuem suas vantagens e são indicadas de acordo com o nível de ansiedade do indivíduo.

Portanto, antes de tomar qualquer providência, consulte um médico, avalie a sua situação e depois procure ajuda.