Como prevenir crises de alergia

Como prevenir crises de alergia

Seja no inverno ou no verão, as crises alérgicas resolvem aparecer, de tempos em tempos. Nariz entupido, coceira nos olhos e tosse já são indícios de que um novo ataque está por vir. Além de desconforto e mal-estar, as atividades diárias também podem ser prejudicadas por causa das alergias. Na primavera, alguns casos podem se agravar ainda mais, e você também pode ser responsável pelo surgimento das crises.

Por isso, hoje o blog da Clinipam traz dicas para prevenir crises de alergia, mal que faz parte do cotidiano de vários brasileiros. De acordo com a alergologista Cinara Sorice, o surgimento de quadros alérgicos se dá, sobretudo, pela hereditariedade. “Quando um dos pais é alérgico, você tem até 40% de chance de desenvolver uma alergia, já se pai e mãe forem alérgicos, você tem até 80% de chance.”

Entre os principais fatores para o desenvolvimento de alergias, estão os ácaros da poeira, pólens das flores, fungos, pelos de animais e alguns alimentos. Por ser um problema hereditário, não se fala em cura, mas em controle da doença. “Com o tratamento se espera que haja uma diminuição dessas crises”, fala  Cinara.

A principal prevenção, portanto, é a atenção aos fatores que desencadeiam a alergia. “Às vezes a pessoa passa 10, 20 anos sem ter nenhuma crise e depois se expõe de volta às substâncias que causavam alergia, assim ela desenvolve os sintomas novamente”, continua a alergologista. O primeiro cuidado a ser tomado é com relação ao ambiente, que deve ser o menos exposto possível a ácaros, pólens, fungos, e também à fumaça de cigarros.

Bichos de pelúcia acumulam muito pó, por isso, não devem ficar no ambiente de uma pessoa alérgica. Animais de estimação também são um problema, já que soltam muitos pelos (todos eles, uns mais, outros menos). Há algumas pessoas que são alérgicas a pássaros, portanto, é bom evitar. Trocar o travesseiro de tempos em tempos também é uma atitude recomendada, assim como não optar pelos modelos com enchimento de penas.

Já na estação do pólen a prevenção deve ser redobrada. Evite deixar janelas abertas e opte pelo ar condicionado. Se você pratica atividades ao ar livre, evite fazê-las muito cedo ou no fim da tarde, já que esse é o período em que flores e árvores começam a liberar seu pólen. As crises alérgicas podem ser evitadas, para isso, fique de olho ao seu redor e se previna.

Saiba mais sobre as principais alergias: