Como saber se estou com asma?

Como saber se estou com asma?

Muitos internautas recorrem ao Google para saber se estão com asma. Antes de falar um pouco sobre essa doeça, caracterizada pela inflamação das vias respiratórios, é ideal deixar claro o seguinte: o Google pode suprir você de informações sobre determinado assunto, mas nunca substituirá um médico.

Sintomas da asma

Vamos agora à pergunta “como saber se estou com asma”. Para saber se você tem a doença, é necessário ficar atento aos sintomas.  De acordo com o Dr. Fábio Marcelo Costa,  pneumologista da Clinipam, alguns deles são: “Falta de ar, conhecida também como dispinéia, tosse seca, dor torácica e chio no peito”.

O que causa a asma?

Pelos de animais, clima, umidade, cheiro forte e o cigarro são alguns fatores que podem colaborar para o desenvolvimento da asma. Além disso, infecções respiratórias causadas por vírus ou bactérias também são fortes fatores.

Como é o tratamento da asma?

O tratamento para a asma se baseia em medicações inalatórios.  Usa-se, principalmente, aquela bombinha de ar que, segundo o Dr. Costa, é a “melhor forma de administrar a quantidade de medicação”.

A asma mata

Levantamento do Ministério da Saúde mostrou que a asma foi responsável por 174.500 mil hospitalizações em 2011. Entre os anos de 2005 e 2009, ainda segundo a pesquisa, mais de 11.500 pessoas morreram por causa da doença.

“Hoje não podemos aceitar que a asma continue matando tantas pessoas porque temos bons tratamentos disponíveis e há excelentes medicamentos que oferecem uma ótima qualidade de vida desde que sejam usados. Devemos conscientizar mais as pessoas para a importância do tratamento da asma, já que podemos mudar esse quadro”, disse a pneumologista Márcia Menezes Pizzichini, coordenadora da Comissão de Asma Brônquica da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT).

Pessoas com asma podem fazer atividades físicas?

Sim, mas antes deve procurar um médico.  Alguns exemplos de atletas com asma são os nadadores Mark Spitz e o brasileiro Fernando Scherer, conhecido com Xuxa.  “A partir do momento em que o paciente faz uma atividade física, ele densenlvolve melhor a dinâmica da respiração, o que vai melhorar a tolerância aos sintomas da asma, como a falta de ar”, salienta o Dr. Costa.

Se você está com sintomas de asma ou foi ao Google procurar “como saber se estou com asma”, a Clinipam dá uma dica: procure um médico.

Veja também: Como se prevenir das doenças circulatórias?