Conheça os benefícios da ginástica laboral no ambiente de trabalho

ginastica-laboralVocê já ouviu falar em ginástica laboral? É um conjunto de práticas desenvolvidas de acordo com o local de trabalho e as atividades desenvolvidas. A técnica busca compensar as estruturas do corpo mais utilizadas e ativar as de pouco uso, promovendo relaxamento e tonificação. O blog da Clinipam separou os principais benefícios da ginástica laboral no ambiente de trabalho. Confira.

Muito utilizada em empresas, visa estimular a prática de atividades físicas, promover saúde física e mental e prevenir lesões como LER (Lesões por Esforços Repetitivos) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Os exercícios não necessitam de deslocamento do indivíduo e se constituem por técnicas de alongamento, respiração, reeducação postural, controle e percepção corporal, fortalecimento das estruturas não trabalhadas e compensação dos grupos musculares utilizados nas tarefas desenvolvidas.

As sessões variam entre 10 e 15 minutos por dia e os movimentos são feitos respeitando o limite fisiológico e vestuário de cada um. Entre os principais benefícios ao trabalhador, estão os que envolvem a saúde: melhora na condição física e psicológica; melhora na integração do grupo e produção em equipe; correção de vícios posturais; melhora da disposição; redução de patologias e casos de LER e DORT; diminuição dos níveis de estresse e tensão geral.

Mas não para por ai. Há ainda os benefícios da ginástica laboral para as empresas que investem na prática: diminuição do número de acidentes de trabalho; diminuição de falta de trabalhadores por motivo de doença; redução de gastos com serviços médicos; aumento da produtividade e maior satisfação do empregado.

São diversas as atividades de ginástica laboral propostas. Algumas delas são as Preparatórias ou de Aquecimento, realizadas antes do início do trabalho para que haja uma preparação das estruturas necessárias para as tarefas. As compensatórias, ou de pausa, são realizadas em pequenos intervalos durante o expediente. Já as de relaxamento, ou de final de expediente, são feitas depois do encerramento do trabalho do funcionário e visam aliviar o cansaço e a tensão muscular.