Cuidados com a pele no verão

Cuidados com a pele no verão

Verão é sinônimo de praia, piscina, corridinha no parque e muita exposição ao sol. Por conta disso, os cuidados com a pele devem ser redobrados. Não é nada bom receber raios ultravioletas direto na pele, sem proteção alguma. Além de causar envelhecimento e manchas, isso é um prato cheio para o desenvolvimento de câncer de pele.

O principal cuidado com a pele no verão começa na farmácia, com a escolha do protetor solar. O ideal é comprar produtos com FPS (fator de proteção solar) 30 ou superior. Enquanto protetores com FPS 30 filtram 96,7% da radiação solar, os com FPS maior, como os de 50, por exemplo, filtram 97,8%. “O protetor com o FPS mais alto possui uma permanência maior na pele, devido a uma fórmula mais estável, a chamada fotoestabilidade”, diz a dermatologista Graça Silveira.

Independente do fator do protetor, é importante passá-lo a cada duas horas, principalmente se o contato com a água for frequente. Outro ponto que deve ser observado na hora de escolher o protetor solar é com relação ao grau de proteção. Verifique na embalagem os símbolos UVA+, UVA++, UVA+++ e UVA++++. A quantidade de “+” indica proteção baixa, média, alta e muito alta.

Quando o assunto for cuidado com a pele no verão, não economize, principalmente na aplicação de protetor na pele. O ideal é passar uma colher de sopa no rosto e no pescoço. O tipo da pele também deve ser levado em consideração, conforme tabela abaixo, citada pela dermatologista Lucia Mendel em matéria da revista Veja.

  • Pele normal: creme, mousse, loção, loção sem óleo, gel-creme ou gel.
  • Pele mista, oleosa ou com espinhas: loção sem óleo, gel-creme, gel ou gel aquoso.
  • Pele seca: creme ou loção hidratante.

Doenças de pele

O verão é uma estação úmida. Portanto, as pessoas transpiram com mais frequência, o que favorece o surgimento de doenças na pele. “É comum em homens que ficam por muito tempo de sunga, o que causa micose nas virilhas”, exemplifica a dermatologista e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Regina Jales.

Para se proteger das micoses é importante se secar bem após o banho, principalmente entre as virilhas e os dedos do pé; não usar materiais em comum com outras pessoas, como toalhas de banho; trocar com frequência a roupas de banho; e evitar sentar na areia, onde os animais possam ter tido contato.

Gostou dessas dicas com os cuidados com a pele no verão? Então compartilhe!

Roupas para o verão

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) recomenda alguns tipos de roupas para se proteger dos raios ultravioletas causados pelo sol. Segundo a entidade, é recomendado utilizar roupas com algodão, pois elas retêm até 90% da radiação. As sintéticas retêm apenas 30%.

Barracas

A SBD também recomenda que as barracas de praia sejam de algodão ou lona. Esses materiais absorvem 50% da radiação e podem protegê-lo mais dos UV do sol.