Doenças psicossomáticas: quando a mente influencia o corpo

Doenças psicossomáticas

Você já ouviu falar em doenças psicossomáticas? Sabe o que são? Algumas doenças com causa psicológica podem desencadear problemas físicos, com alterações clínicas que podem ser verificadas com exames de laboratório, desde alergias, até problemas de coluna e úlceras. Portanto, as doenças psicossomáticas são físicas, com causas psicológicas.

As vítimas de doenças psicossomáticas são mais comuns do que possa parecer e até mesmo situações cotidianas – que aparentemente só causam estresse – podem contribuir para o seu aparecimento. Segundo a psicóloga Josiane Cândido Porto de Melo, situações de estresse em qualquer fase da vida podem desencadear o problema. “No início o corpo fica doente e o paciente não percebe que esses sintomas estão associados com os distúrbios emocionais”.

Gastrite, úlcera, problemas de coluna, respiratórios, cardíacos e dores em geral podem estar relacionados a fatores emocionais. Como a vítima, geralmente, não associa o psicológico com a causa física, as chances de demora no diagnóstico e no tratamento são maiores, o que pode agravar ainda mais a doença. Por isso a importância de sempre procurar ajuda médica, já nos primeiros sinais.

E em casos em que se detectam doenças psicossomáticas, o tratamento deve ser feito tanto com um psicólogo, que vai tratar a mente e as emoções, como com um médico, que vai tratar o corpo. Isso porque todo o organismo é um só: mente e corpo formam o todo.