Entenda o que é a sinusite

clinipam-plano-de-saude-sinusite
A sinusite é uma inflamação das vias respiratórias superiores, nos seios da face: cavidades no interior dos ossos, ao redor do nariz, maçã do rosto e olhos. Surge após gripes ou crises alérgicas, que favorecem o acúmulo de muco. Pode, também, ser causada pelo desvio de septo, embora bactérias, vírus e fungos sejam suas principais aliadas.

O que ocorre é que, como os seios da face têm a função de auxiliar na formação da voz, aquecer o ar que inspiramos e também diminuir o peso do crânio, eles são cobertos por uma mucosa, responsável por mantes esta região limpa. Quando esta mucosa é atacada, portanto, a comunicação entre as cavidades é fechada e a ação protetora da mucosa é inibida. Desta forma, nasce a sinusite.

A sinusite pode ser aguda, subaguda ou crônica. No primeiro caso, os sintomas da doença, que variam entre mau hálito, perda do olfato, febre, tosse, fadiga, dor de cabeça e dor de garganta, duram até quatro semanas. No segundo caso, podem durar de quatro a 12 semanas e, no terceiro, três meses ou mais. Fumar, alergia e alterações de altitude podem contribuir para o agravamento do quadro.

Para combater este mal, beba bastante líquido para diluir o muco, use spray com solução salina no nariz várias vezes ao dia, umidificadores e aplique panos úmidos e quentes no rosto várias vezes ao dia. Evite, além disso, temperaturas extremas e viajar de avião.

O uso de analgésicos, antialérgicos, descongestionantes nasais, irrigadores nasais e agentes mucolíticos, que ajudam a eliminar o muco acumulado nos seios da face são os principais medicamentos utilizados no tratamento contra a sinusite. Antibióticos e antifúngicos também podem ser utilizados, mas não em todos os casos. Ou seja, procure um médico antes de tomar qualquer medida.