Entenda por que o sol dá dor de cabeça

clinipam-plano-de-saude-sol-dor-de-cabecaO verão está, literalmente, queimando a cuca de muitas pessoas ao redor de todo o Brasil. A intensidade do sol tem atingido níveis espantosos durante o período da manhã e da tarde. E isso, por mais que agrade a alguns, acaba se caracterizando como um problema para outros. E tal problema atende pelo nome de dor de cabeça.

Dados da Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC) revelam que a queixa de dor de cabeça ao longo da vida atinge 93% dos homens e 99% das mulheres; por mês, 76% delas têm algum episódio, contra 57% dos homens. E alta incidência de luminosidade nesta estação quente pela qual estamos passando contribui, infelizmente, para que estes números cresçam.

Já segundo o pesquisa Centro Médico Beth Israel Deaconess, nos Estados Unidos,  para cada 5ºC a mais n temperatura há um crescimento de 7,5% nas dores de cabeça. Além do sol, típico da estação, os vilões são outros fatores ambientais, como pressão, umidade e poluição do ar, que ficam mais intensos também.

Este mal se dá da seguinte forma: a demasiada exposição ao sol faz com que artérias e veias que encontram-se entre o couro cabeludo e a calota craniana se dilatem. O que gera dores. Segundo a neurologista membro da SBC, Célia Roesler, há um sistema inflamatório que causa a dor latejante em toda a região da cabeça. Mudanças bruscas de temperatura, como sair da exposição ao sol e ir a um local com ar condicionado, por exemplo, também contribuem para este incômodo.

E, para quem sofre de enxaquecas, crises de dores de cabeça durante o verão são ainda mais comuns, devido a mudança no padrão de luminosidade. Isso porque o cérebro do indivíduo com enxaqueca é hipersensível. A alta estimulação da visão, então, estimula a dor mais intensa nestas pessoas.

Beber muita água, usar óculos escuros, bonés e chapéus, evitar bebidas alcoólicas e procurar sombras são algumas das medidas que podem ser tomadas para apartar este mal durante o verão. Se as dores forem muito intensas e persistirem, entretanto, procure um médico.

Como evitar a dor de cabeça durante o verão

Além dos óculos escuros e da sombra, é recomendado, também, evitar o excesso no consumo de bebidas alcoólicas. Como são depressoras, elas podem ser como um gatilho para a dor.

É importante, também, fazer todas as refeições nos horários regulares e dormir o recomendado. A média de sono diário, segundo a literatura médica, é de 8 horas por dia.

Veja também: Como evitar o câncer de pele