Ler: exercício para o cérebro

clinipam-plano-de-saude-ler-exercicio-cerebro
Ao longo do tempo, sempre procuramos formas de nos manter saudáveis, física e mentalmente falando. Porém, às vezes, parecemos ignorar práticas simples que podem nos ajudar na busca por esse desenvolvimento. E um deles é a leitura, que se tornou um hábito cada vez menos apreciado.

Uma pena, pois, de acordo com diversos estudos, ler é um exercício e tanto para o cérebro. Em um deles, realizado pela Universidade Stanford, nos Estados Unidos, um grupo voluntário foi convidado a ler um capítulo de um romance dentro de uma cabine de ressonância magnética, enquanto eram analisados. Os resultados mostraram que, enquanto liam, as atividades cerebrais dos indivíduos aumentavam, pois o sangue fluía para diversas áreas do órgão associadas à concentração.

Logo, é possível dizer que a leitura treina o cérebro para realizar melhor atividades que envolvam concentração e entendimento.

Outra pesquisa, esta realizada pela Universidade Emory, nos Estados Unidos, também analisou as influências do livro no cérebro e na personalidade das pessoas. Assim como na outro estudo, um grupo de indivíduos foi convidado a ler um romance. Depois, os participantes foram analisados por meio de ressonâncias magnéticas. Os resultados apontaram uma melhora significativa na conectividade de uma região do cérebro associada à recepção da linguagem pelos próximos cinco dias após a leitura.

Em suma, ler, além de te distrair, te deixa feliz, bem humorado, estimula a imaginação e auxilia nas atividades cerebrais. Portanto, é hora de deixar a preguiça de lado e enfiar a cara nos livros!