Outubro rosa também chama atenção para câncer de mama masculino

cancer-de-mama-masculino

Outubro é o mês em que mundialmente é feita uma campanha com o intuito de alertar às mulheres sobre o câncer de mama, o já conhecido outubro rosa. Toda ação é pensada especialmente para elas, tanto que o nome e cor utilizada são o rosa, que culturalmente ainda é a que mais representa o feminino.

No entanto, o mês também deve ser lembrado como luta contra o câncer de mama como um todo, o que também inclui os homens, ainda que de forma mais rara. Segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres (superado apenas pelo de pele), o câncer de mama representa cerca de 25% dos novos casos a cada ano entre elas, enquanto nos homens esse número é de menos de 1%. Embora esse pareça um número pequeno, 181 homens morreram da doença no Brasil em 2013, segundo últimos números do INCA – Instituto Nacional do Câncer.

Sintomas comuns do câncer de mama masculino.

  • um caroço na área do tórax
  • retração da pele
  • alterações no mamilo

Por ser incomum entre os homens, muitos podem não se dar conta da doença. Isso faz com que o diagnóstico seja mais tardio do que geralmente é entre as mulheres. Tal demora pode comprometer o tratamento, já que as chances de cura diminuem com o passar do tempo.  Além disso, entre os homens é mais provável que a doença se espalhe até a parede torácica, visto que a mama masculina é bem menor que a feminina.

Fatores genéticos, distúrbios hepáticos crônicos, alcoolismo, obesidade e envelhecimento estão entre as principais causas do câncer de mama masculino. O diagnóstico inclui um histórico médico completo, exames clínicos da mama, mamografia e biopsia.

hospital-onix-clinipam

Semelhante ao que acontece com as mulheres, o tratamento geralmente envolve alguma combinação de cirurgia (principalmente a retirada da mama – mastectomia), quimioterapia, radioterapia ou terapia de hormônio. Isso porque os tipos de câncer de mama no homem são os mesmos que nas mulheres, ou seja: carcinoma, adenocarcinoma, carcinoma in situ, carcinoma invasivo e sarcoma.

Veja também: Ela decidiu lutar linda contra o câncer