Por que a picada do pernilongo coça?

picada-de-pernilongo-cocar-plano-de-saude-em-curitiba

 Durante estas noites quentes de verão, é difícil mantê-los longe e escapar de seus males. Ainda mais se você mora ou está localizado próximo a áreas verdes, com muitas plantas, árvores, etc. Sim, os pernilongos são um problema corriqueiro durante esta estação. Aliás, não só eles, como suas picadas, que incham, deixam a pele vermelha e, para completar, coçam. Mas você já parou para pensar na razão da coceira? Bem, nós sim. E fomos atrás da resposta.

A culpa é do nosso corpo, que sofre uma reação alérgica ao ser picado pelo pernilongo e, então, inicia uma espécie de mecanismo de defesa.

Quando um pernilongo nos pica, sua saliva, que contém anestésicos, anticoagulantes e outras substâncias, entra em contato com a nossa pele. Nosso organismo, então, aciona nossas células “sentinelas”, conhecidas como mastócitos, que liberam histamina, responsável por elevar a circulação sanguínea e causar a vermelhidão e o inchaço na pele, e outras substâncias de defesa. E, embora a histamina produza um alto número de células protetoras no local da picada, é ela, também, quem causa a agoniante coceira.

Para aliviá-la, lave a região picada com sabonete ou sabão algumas vezes durante o dia e, acima de tudo, não coce. Sim, é difícil, mas se esforce. Como a sua unha possui bactérias, o contato com o local da picada pode causar infecção. Portanto, fique atento!