Doenças comuns no verão

clinipam-plano-de-saude-doencas-verão

O verão está quase aí. Muito sol, praia, água de coco e diversão. O problema é que algumas enfermidades também gostam de dar às caras na estação.  Separamos algumas das doenças mais comuns no verão para você se prevenir.

Desidratação – A desidratação, muito comum no verão, é causada pela perda de líquidos e eletrólitos no corpo. Entre os sintomas, há mal estar e dor de cabeça. Para evitar esta doença comum no verão, deve-se beber muita água e suco de frutas.  Cerveja e refrigerante não servem, ok? Rs.

Intoxicação alimentar – no verão, as pessoas costumam se alimentar na praia, na rua ou em estabelecimentos desconhecidas. É importante, antes de consumir algo, verificar se o produto em questão ficou por muito tempo exposto ao sol. A exposição excessiva por gerar microrganismos nocivos ao corpo humano.  Os sintomas desta doença de verão são vômito, diarreia, febre e até desidratação.

Insolação – É a demasiada exposição ao sol que gera queimaduras e prejudica o funcionamento do organismo. Pode ser prevenida por meio de hidratação e da não exposição elevada ao sol. Recomenda-se, também, não tomar banho de sol entre as 10h e às 16h.

Micose – Esta doença comum verão é caracterizada por fungos que se proliferam na pele causando irritação e coceira.  Em casos graves, pode causar até infecção. Para evitá-lo, seque bem o corpo após deixar o banho. Já as meninas, para se prevenirem da micose, também precisam secar bem os cabelos.

Bicho geográfico – Protozoário que penetra na pele resultando em dores e coceiras. Ganha esse nome porque o protozoário, ao caminhar na pele, faz praticamente o desenho de um mapa. Para driblar esta doença comum no verão, é necessário tomar cuidado com fezes de animais na areia e na água.

Otite – a otite é uma inflamação no ouvido gerada pela água que pode entrar em excesso na região. Causa irritação e pode conter fungos. É evitada por meio da retirada da água que entrou no ouvido. Para secá-lo, use cotonetes.

Estes são apenas alguns exemplos do que estamos sujeitos durante o verão. Ainda há riscos de contração de doenças mais sérias, como a dengue ou a hepatite A. Portanto, nada de brincar com sua saúde. Fique atento e tome os cuidados necessários!

Dia Mundial da Saúde

clinipam-plano-de-saude-dia-mundial-saude
De acordo com os conceitos estipulados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a saúde é mais do que estar simplesmente livre de doenças. Ela consiste em um conjunto de fatores que envolvem bem-estar físico, mental e social. E, para que nos lembremos disso, a organização criou, ainda em 1948, o Dia Mundial da Saúde, que é celebrado no dia 7 deste mês.

E, em referência a esta importante data, nós, da Clinipam, atentamos você, prezado leitor, para os principais cuidados necessários com a sua saúde. São eles: boa higienização, alimentação saudável, realização de atividades físicas, exames preventivos e informações sobre doenças.

Os cuidados com a saúde da criança (Dia Mundial da Infância)

Children (7-12) playing tug of war in park
A infância é a época mais doce e simples da vida. E muitos de nós voltamos a esta fase da vida, de certa forma, quando temos filhos e os acompanhamos crescer e descobrir o mundo. Por isso, separamos algumas dicas para você cuidar bem da saúde dos seus filhos enquanto os acompanha nesta maravilha chamada infância.

Em caso de quedas, tudo vai depender da altura e em que local a criança caiu. Se a altura da queda foi superior a de 1,5 metros, leve a criança ao hospital, mesmo que, aparentemente, nada de grave tenha acontecido. Se for um bebê, leve-o ao hospital de qualquer maneira, independentemente da altura.

A idade certa para engravidar

clinipam-plano-de-saude-idade-certa-gravidez
Engravidar com qualidade”. Já ouviu essa expressão? Ela está relacionada à medidas e cuidados necessários que devem ser tomados antes e durante o processo de gestação. Porém, ela também está ligada a outro fator. Este, um pouco menos conhecido: a idade.

É isso mesmo. A idade também influencia, e muito, na gravidez. É o que explica o ginecologista e obstetra Heron Werner, da Clínica de Diagnóstico por Imagem, em entrevista à Gnt, da Globo. Segundo ele, o período ideal para a mulher engravidar é entre os 20 e 30 anos. Isso porque, nessa fase a produção de óvulos se encontra em um bom ritmo e o risco de complicações é menor.

Entenda a conjuntivite

clinipam-plano-de-saude-conjuntivite
A conjuntivite nada mais é do que a inflamação da conjuntiva ocular, que consiste em uma membrana transparente e fina que reveste a parte da frente (branca) do globo ocular e o interior das pálpebras.

Ela é responsável por produzir muco para cobrir e lubrificar os olhos. Além disso, possui pequenos vasos sanguíneos que, quando há irritação ou inflamação na conjuntiva, alargam-se e destacam-se, causando a vermelhidão nos olhos. Isso que pode durar de uma semana até quinze dias, dependendo do caso.

Planejando a gravidez

clinipam-plano-de-saude-planejando-gravidez
A gravidez é um dos momentos mais aguardados por casais de todo o mundo. É o momento de se preparar para receber mais um membro na família e aproveitar toda a alegria e empolgação que ele proporcionará antes mesmo de nascer. Mas, para tanto, é preciso se atentar a algumas dicas e cuidados que farão toda a diferença durante a gestação.

Nos primeiros três meses de gravidez, evite álcool. Completamente. É possível voltar a beber, com moderação, entretanto, após esses três meses. Lembre-se apenas de que tudo o que você consome é repartido com o bebê. Portanto, seja responsável. Cigarros, por outro lado, estão completamente fora de questão, pois afetam o bebê em todas as fases da gravidez, podendo causar complicações sérias. E, durante esses primeiros três meses, evite, além disso, quaisquer substâncias químicas na corrente sanguínea, como tintura para cabelos, por exemplo.