Cinco fatos curiosos sobre a gestação

gravidaO período de gravidez é um momento de dedicação, superação e, por vezes, desconfortos, mas também é cheio de alegrias e curiosidades. Separamos alguns fatos que talvez você não soubesse que existiam. Vamos lá?

Papai grávido

Você sabia que é comum os futuros papais sentirem os mesmos sintomas que as futuras mamães? Sim, muitos deles têm enjoo, desejos de comer muito, dores nas costas e até cansaço.

Curiosidades Gravidez

A gravidez é uma fase cheia de descobertas e curiosidades que facilmente podem nos surpreender. Confira algumas características bastante comuns:

1) As contrações não terminam após o parto. É comum que durante alguns dias a mulher volte a sentir dores. Isso acontece porque a área onde a placenta esteve presa precisa ser cicatrizada. Essa dor será sentida principalmente durante a amamentação, devido ao estímulo dos mamilos causarem contrações uterinas. Apesar de doloroso, isso ajuda a mulher a se curar mais rápido.

2) Dentro do útero os bebês são capazes de fazer coisas surpreendentes, como chupar os dedos, soluçar, bocejar, girar sobre si e até mesmo sonhar.

3) Os odores são percebidos de maneira muito mais intensa pelas grávidas, pois a circulação sanguínea fica mais intensa. Isso explica a sensação de enjoo com determinadas comidas e perfumes e é tido como um mecanismo de defesa.

4) Estresse excessivo da mãe na gravidez ou experiências muito intensas podem prejudicar o bebê, que pode ter déficit de atenção, inquietude ou ansiedade.

5) É comum vazar um líquido amarelado dos seios durante a gravidez chamado colostro. Ele é o primeiro “leite” que as mamas produzem antes do leite materno em si.

Dia Mundial da Amamentação

amamentacaoCom os objetivos de incentivar a amamentação natural, combater a desnutrição infantil e impulsionar a criação de bancos de leite por todo o mundo, o Dia Mundial da Amamentação, comemorado no último dia 1, é considerado uma das datas mais importantes quando se trata de mães e bebês. Isso porque a prática, além de ser essencial para a saúde da criança, auxilia na criação de laços entre o bebê e a mãe.

O leite materno é o alimento mais completo e benéfico ao bebê, pois é repleto de nutrientes essenciais para o desenvolvimento e para a saúde da criança. Portanto, até os seis meses de idade, ele é o único alimento do qual o bebê precisa. E, como se isso já não fosse o suficiente para atentar para a importância da amamentação, a prática também é capaz de proteger o pequeno de doenças.

Como se preparar psicologicamente para a chegada do bebê

clinipam-plano-de-saude-preparacao-psicologica-bebe
Recebeu a notícia de que o bebê está a caminho? Ótimo! Parabéns, futura mamãe e papai! Mas, passado o momento de euforia pela novidade, é hora de começar a planejar e a se preparar. E não estamos falando apenas de questões financeiras ou referentes aos cuidados com o bebê, mas do preparo psicológico que a nova responsabilidade exige.

Como você já sabe, a gravidez é um período de diversas mudanças hormonais e emocionais que influenciam diretamente no comportamento da gestante. Portanto, para se atentar a isso e absorver todas as informações necessárias para o novo papel que você assumirá em cerca de nove meses, é importante, primeiramente, iniciar o prénatal.